4.8.08

O GESTO


Não parece importante como dizer que a alga dormita sobre o muro azul e que o mar a trouxe e que o mar sabia como nos iríamos entender.

Porque foi então que eu não disse alga e muro e mar com os olhos e as mãos de quem diz uma frase solta? E se eu tivesse dito alga e muro e mar com os olhos secos e as mãos escorrendo as ancas ? E se eu tivesse calado alga e muro e mar ?

Se eu não tivesse dito alga e muro e mar com os olhos a brilhar e as mãos cruzadas sobre o colo, a alga seria um estilhaço encalhado numa ruga do muro azul. E não teria sido absoluto e comovido o entendimento da hora em que a alga não foi mais do que o meu gesto de a receber.




Licínia Quitério

15 comentários:

Marinha de Allegue disse...

O gesto vai da man da actitude...

Unha aperta e un bo día Licínia.
:)

Graça Pires disse...

Dizer "alga e muro e mar com os olhos a brilhar" perturbará, por certo,o olhar dos marinheiros...
Um beijo Licínia.

Maria disse...

Belo foi o momento "em que a alga não foi mais do que o meu gesto de a receber"...

Bonita esta poesia, em prosa...

Um beijo, Licínia

TINTA PERMANENTE disse...

Talvez porque as coisas apenas subsistam no instável equilíbrio do provável...


abraços, amiga!

tempoparaamar disse...

Agradeço sua força, e claro que aceito seu abraço, obrigada por seu carinho,voltarei por aqui.Beijinho .Salomé

JOSÉ FANHA disse...

Querida Licínia,

As algas agradecem. E as palavras também. O mar mora na tua poesia.

Mil beijos,

JFanha

Justine disse...

Texto inebriante,no movimento do mar, no cheiro das algas e na luz vibrante do azul. Belo


(P.S.: muita pena não estar amanhã lá convosco, ao pé do mar...)

Lúcia disse...

A existência acontece pelo gesto e pela palavra. Belo texto!
Beijinhos

Vieira Calado disse...

Uma interessante dissertação sobre o tema.
Gostei. Beijinhos

bettips disse...

Olá! O muro baixinho que nos deixa passar entre as algas soltas das ideias...
mandei-te um mail, ontem...chatice que se calhar foi para uma cx de e-mail antiga...
Bem, se verá amanhã, em falando.
Bjinho

maria josé quintela disse...

há coisas que sabemos sem que nos digam...




como por exemplo o entendimento com as algas.



muito bonito licínia!








beijo.

Vanda disse...

Eu acredito que tu tens um sabio entendimento com o mar e com os seres desse universo...


fazem-te brilhar os olhos.


e o gesto acompanha o brilho.


Beijinho,Licinia!

Mar Arável disse...

Como eu conheço as algas

mesmo as afastadas de mim

Belo texto

com musica dentro

M. disse...

Como te compreendo!
E que bonito este teu dizer!

batista disse...

a postagem anterior, "A casa", assim como a atual, "O gesto", calaram-me. permaneci um bom tempo curtindo, absorvendo tuas palavras. depois, como não poderia deixar de ser, tuas palavras me levaram ao meu mundo, às minhas vivências. grato, de coração.

arquivo

 
Site Meter