26.8.09

O POEMA


Que te posso dizer daqui da beira-mar
se não anunciar que o poema nasceu?
Uma batida incerta a querer romper o peito,
uma breve tontura, uma agonia quase.
O mar vizinho, sempre inconformado,
apertado entre os céus e os fundos abissais.
O cheiro intenso a peixe, a náusea do que fomos,
a seduzir os braços do poema.
Ele aí vai, a roçagar escamas de luz,
febril, bamboleante, ébrio de sons,
ensaiando o nome do silêncio,
na estrada atapetada de algas e de búzios.
Em eterna vigília ficará, te digo,
o poema nascido à beira-mar.


Licínia Quitério, "Da Memória dos Sentidos"

13 comentários:

Maria disse...

Os poemas nunca morrem.
Mas um poema nascido à beira mar vive para sempre, pois do mar respira e nele ama.
Lindo!

Um abraço

Paula Raposo disse...

Tão lindo este poema nascido á beira mar!! Beijos.

Mar Arável disse...

À beira-mar

tudo é possível

até o eterno poema

Graça Pires disse...

Quando o poema nasce toda a emoção nos atinge como se fosse uma tempestade.
Muito belo o poema, Licínia. Um beijo.

heretico disse...

mar de sargaços, por vezes. donde a tua palavra poética se ergue cristalina.

"a roçagar escamas" do tempo...

belíssimo.

beijos

Lídia Borges disse...

É assim o mar!
Traz a poesia nas ondas.
"...febril, bamboleante, ébrio de sons,
ensaiando o nome do silêncio,
na estrada atapetada de algas e de búzios."

Lindo!

Um beijo

Justine disse...

Magnífica fulguração, essa do nascimento do poema.A iluminar qualquer noite...

bettips disse...

A sedução em braços de poema.
Um peixe prateado que nos salta.
O poema indispensável, esse que dizes talvez um dia assome para muitos de nós.
Bjinho

maré disse...

quando o poema rompe
há um colo de luz
impossível de conter

________

belo
de azuis infinitos

um beijo

maria m. disse...

belíssimo este poema de águas e luz, nascido à beira mar.

beijo, Licínia.

Ana Prado disse...

Ah Licínia, que bonito. Que bonito, caramba...
Um abraço

Arabica disse...

És uma maré cheia de poesia, Licínia.

Beijos, boa noite.

M. disse...

A beleza das palavras e da fotografia.

arquivo

 
Site Meter