29.6.13

FLORES



Filhas dos esponsais da luz e da treva.
Florir é verbo entre nascer e morrer.
Cantam as flores a canção da terra.
O sangue delas ferve sobre o gelo.
Duram, imóveis e mudas.
Não se indignam. Renascem.

Licínia Quitério

3 comentários:

Justine disse...

Assim fôssemos nós, os humanos...

mariam disse...

Belo. Muito.

Beijinhos :)
mariam

Mar Arável disse...

Renascem sim

arquivo

 
Site Meter