18.3.14

UNIVERSO


A frase debruada, a palavra lavada, a música escorrente. 
Um fio de verdade, uma concha de vento, um aperto de mão. 
Pode ser um poema, pode ser um anúncio, pode ser uma pena.
Uma estrela nascente ou uma estrela morrente. 
Um universo no cais do coração.

Licínia Quitério








2 comentários:

Graça Pires disse...

Pode ser uma prece. Pode ser um slogan. Pode ser tanta coisa... Mas é a tua poesia, amiga.
Um beijo.

Mar Arável disse...

Lá estarei

Bjs

arquivo

 
Site Meter