21.6.15

SOLSTÍCIO DE VERÃO


Celebremos

O dia da Claridade
Da festa do Sol 
Das pedras verticais 
Das frestas 
Da passagem
Dos carvalhos gigantes
Dos velhos sacerdotes
Da transmutação
Do oiro puro 
Da glória 

Amanhã o declínio

Celebremos

Licínia Quitério

4 comentários:

Menina Marota disse...

"Amanhã o declínio"

Sem dúvida!

Poesia Portuguesa disse...

Um poema deste blogue foi escolhido para figurar no Poesia Portuguesa.
Algum inconveniente será de imediato retirado.
Obrigada.
Um abraço

heretico disse...

carpe diem,
antes do declínio...

beijo

Graça Pires disse...

Celebremos!
Um beijo, amiga

arquivo

 
Site Meter