1.1.19

2019



Mais um ano
tantos anos
os que passaram por mim
a apontarem o caminho
que eu nem sempre segui
mas nunca me arrependi
que o caminho somos nós
nossos o corpo e a vontade
nosso é tudo o que colhemos
seja bondade ou maldade
Inteiros vamos seguindo
as dores e os amores cruzando
com as canções que cantamos
com os versos que escrevemos
com os amigos que alcançamos
com os amigos que perdemos
Mais um ano
muitos anos
deste mundo em desvario
de gente à míngua de pão
de velho a morrer de frio
de fogo no arvoredo
de gente de arma na mão
de gente à beira do medo
Muitos anos hão-de vir
sem que eu os possa contar
Meu caminho foi somar
por vezes diminuir
e outras multiplicar
para poder dividir
sabendo que o resultado
desta vida desta escrita
depois de bem apurado
é uma dízima infinita

BOM ANO 2019!

Licínia Quitério

6 comentários:

M Odete Silva disse...

Quase uma resenha dos acontecimentos de 2018. Gostei muito <3

J. B. César disse...

"Muitos anos hão-de vir"... certamente, mas, esperemos, só daqui a muitos anos.
Um Bom Ano.

Graça Pires disse...

O caminho somos nós, tantas vezes indiferentes ao que nos rodeia… Sempre excelente, minha Amiga Licínia.
Que o ano de 2019 te traga tudo de bom, e muita saúde, muita paz, muita poesia e muito amor.
Um beijo.

Licínia Quitério disse...

M Odete.
Bem vinda por aqui por este sítio. Beijo.

Licínia Quitério disse...

J. B. César,
Obrigada pela visita e pelos votos que retribuo.

Licínia Quitério disse...

Graça Pires,
Cá continuamos esta senda de versos e vontades.
Que o Ano Novo te seja de saúde e paz e tudo o que mais desejares. Beijinho.

arquivo

 
Site Meter