17.8.19

DIGO


Digo
palavras pequeninas:
mãe, pai, mar.
Convocam-me, engrandecem-me
abraçam-me.
Palavras inteiras:
país, guerra, deserto.
Situam-me, olham-me
provocam-me.
Palavras adultas:
mulher, homem, solidão.
Dizem-me, limitam-me
atraem-me.
Palavras desprezíveis:
inveja, ignorância, calúnia.
Diminuem-me, ferem-me
sufocam-me.
Palavras amáveis:
amigo, beleza, dádiva.
Confortam-me, alimentam-me
melhoram-me.

Amor não digo
porque breve
porque esquivo.

Licínia Quitério
   

1 comentário:

bettips disse...

Amável, reflexo de água e sentidos, como um gesto de baixar a cabeça para a ponte e o canal. Sim!

arquivo

 
Site Meter