25.1.08

FOI QUANDO DISSE


Foi quando disse rosa
que te fizeste flor.
Tivesse eu dito casa
terias sido o olhar
mais alto da cidade.
Porque te disse amor
passeias o meu corpo
junto às torres,
digo, estátuas.


Licínia Quitério

14 comentários:

maria m. disse...

tão belo, Licínia!

Maria Laura disse...

Nomear é dizer a essência. Diz, sempre, beleza.

Graça Pires disse...

Tivesse eu dito barco e construirias nos teus lábios um cais de partida...
Um belo poema Licínia. Um beijo.

JRL disse...

Olá Licínia,
Foi quando as tuas palavras fizeram magia :). Um beijo.

hfm disse...

Dizes... e o encanto fez-se palavras.

TINTA PERMANENTE disse...

Sento-me ali, naquela penedia, à espera de ouvir dizer mar!...

abraço!

~pi disse...

e quando sobes

é nos te olhos

que leio

as nuvens

brancas

mais

pequenas



~

Mar Arável disse...

sE DISSESSES CRAVO

CONTINUARIAS A SER

UM JARDIM

DE CORES

Maria disse...

tivesse eu dito mar e em mim mergulharias....

tão lindo, Licínia...
beijo

un dress disse...

muito e tanto: tudO! :)

herético disse...

o Amor é a "respiração" das estátuas. como a Música...

belo.

batista disse...

foi quando disseste
...
que na madrugada
o mar se tornou ponte
.
desde então os versos vão e vêm
perenizando a claridade
seja noite
seja dia
.
..
...
deixo um abraço fraterno

legivel disse...

... ele disse amo-te e ela ficou perplexa com o coração nas mãos. Se tivesse dito meu anjo, ela bateria as asas, suspensa entre a Portela e Alcochete. E se ele lhe sussurrasse vamos ter um filho ela perguntaria e depois vais-me visitar à ambulância?


beijinhos e sorrisos. Amarelos.

Rui disse...

Lindo. Digo eu.

arquivo

 
Site Meter