12.6.09

RETRATO DE CIDADE



Quando nasci, foste-me casa e rua,
o nome duma história a descobrir
e o mundo numa praça à beira rio.

Pela minha cidade me pensei
transeunte da boémia e da saudade,
a rimar caravela e desacato.

Entristeci nos palcos e nos becos
até que o cheiro a cravo se soltou
e Arlequim pulou e a lágrima secou.

Então te amei de amor aberto e rubro
neste pontão de enganos, nesta luz
sempre acesa no vidro dos telhados.

Pelas esquinas de vultos rente ao escuro,
de novo se alimenta esta cidade
com sobras de ternura e ousadia.

Persistência de pombos e mendigos
na rapina do sol e das sementes.
Meu corpo, minha terra, minha gente.


Licínia Quitério

15 comentários:

Paula Raposo disse...

Fantástico poema, Licínia!! Adorei. Muitos beijos.

tinta permanente disse...

Belissimo poema, amiga. O que, naturalmente, não causa admiração. Essa guardei-a, inteirinha, para a imagem: perfeita!

abraços!

Arabica disse...

Licínia,



quando o poema é cidade.
quando o poema é saudade.

Muito bom, Licínia.

Um beijo.

Lídia Borges disse...

Os espaços da nossa existência... A nossa existência rente aos espaços.

Lindo!!!

Um beijo

~pi disse...

lugares

onde

a respiração

se

a-funda

e-é-leve :)





~

Justine disse...

Reconheço a cidade no poema, reconheço o recanto no retrato, RECONHEÇO-TE!

vaandando disse...

que bom ler-te cidade , feita de ti...

beijo, Licínia


__________ JRMARTO

Graça Pires disse...

Que poema lindo sobre esta cidade "com sobras de ternura e ousadia". Apetece cantá-lo.
Um beijo Licínia.

Marinha de Allegue disse...

Intúo que percorrín eu esta cidade...

Beijinhosssss minha amiga.
:)

vida de vidro disse...

Cidade poema amada e cantada. Como só tu sabes. **

heretico disse...

sei dessa cidade. e dói-me. por vezes...

... mas no "rimar caravela" e "nesse amor aberto e rubro" nela nos encontramos.

belíssimo.

beijo

maria m. disse...

que belo poema, Licínia!

um beijo.

Geanina Codita disse...

Siempre que vienen a visitar este blog a que descubra la armonía de los colores mágicamente enviado por mensaje de texto fenomenal. Gracias.
Si estás en mi blog sería un honor, si la votación en TOPblog y yo entiendo que te gusto y me vas a volver.
Un buen día para ti!

M. disse...

A força de um poema!

M. disse...

... Mas ao mesmo tempo a singeleza e a leveza de uma aguarela.

arquivo

 
Site Meter