15.4.09

TORRE

Mensageira entre o azul e o negro, o ardor e o gelo.
Esconderijo de anónimos segredos.
Indiferente à ofensa do machado, à ingratidão dos fracos, à vileza dos fortes, à afronta dos ventos sem mudança.
Árvore ressurrecta, refeita, recomposta, soberba.
Uma pedra ou um livro, um cântico ou uma fonte.
Escultura da memória.
Cerne de vida, lenho de morte.
De pé, sobre o alto dos altos, exposta, ofertada, violenta.
Torre, testemunha de castelo havido.

Licínia Quitério

15 comentários:

L.Borges disse...

A força das palavras agiganta a imagem...
Sublime!

Maria disse...

Soberba e arrepiante imagem.
De pé, como toda as árvores. Ainda.
Na beleza das tuas palavras...

Um beijo

heretico disse...

são assim as altivas torres. do tempo futuro. que renascem em cada "afronta dos ventos sem mudança"

... e que tua poesia dá vigor e beleza!

belíssimo.

beijos

Graça Pires disse...

"Escultura da memória"
Que magnífico poema a legendar uma fotografia fantástica!
Um beijo, Licínia.

Vieira Calado disse...

AS torres antigas são como as árvores:

Morrem de pé!

Cumprimentos meus

Mar Arável disse...

tAMBÉM ALGUNS DE NÓS

COMO ÁRVORES

VIVEM DE PÉ

ATÉ OUTROS AMANÃS

hfm disse...

belissima imagem cheia de memórias

mena m. disse...

Impressionante a fotografia!

Belíssimas e muito fortes as tuas palavras, Licínia!

És uma alma muito especial!

Beijinhos

Justine disse...

Todo o teu poema é uma magnífica metáfora, às vezes terna, às vezes assustadora. Belíssimo!

Tchi disse...

Uma árvore - um abraço - um poema.

Aqui todas as raízes são fonte de luz.

bettips disse...

Árvore-pedra-de-castelo.
Donde se te debruça o ser. Jorra em palavra viva.
Tu!
Bjinho

vida de vidro disse...

Imagem e palavras, o que nos marca mais? Não se podem separar. De pé, com toda essa força. **

Paula Raposo disse...

Sublimes! Imagem e palavras...beijos.

Arabica disse...

Grandiosa a escrita numa foto muito bem enquadrada, Licínia!

Soberanas ao tempo.

E o meu abraço

maria m. disse...

Poema intenso, forte, a encher de vitalidade esta árvore!

arquivo

 
Site Meter