16.3.18

UM LUGAR


Um lugar onde pousar a cabeça
macio e complacente
confidente 

Um lugar exactamente verde
a dizer relva musgo mar
olhar antigo e remoçado

Um lugar redondo como um ombro

Um lugar musical como 
o grande silêncio das pedras 
do deserto

Lugar fêmea e lugar macho
mãe e filho
amor e amigo

Um intervalo 
um quarto na penumbra
um lugar onde

Licínia Quitério

2 comentários:

Graça Pires disse...

Um bom dia da Poesia, Poeta minha Amiga.
Um beijo.

Poesia Portuguesa disse...

E a Poesia continua...

arquivo

 
Site Meter